terça-feira, 20 de março de 2012

“Tem dias que da vontade de abrir um buraco no peito, e sair do corpo por alguns minutos, não digo morrer, sei lá, uma vontade de me desligar de tudo, uma vontade de sumir de mim por um tempo… É estranho, é complexo, extremamente complicado, mas tem dias que eu não tenho vontade de falar com ninguém, não sinto fome, não sinto frio, não sinto nada.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário