quarta-feira, 30 de maio de 2012

O emprego de tais termos está relacionado a aspectos semânticos.

Apesar de tais palavras serem semelhantes, possuem significados distintos. A utilização dessas palavras deve estar embasada nas regras gramaticais da Língua Portuguesa. Segue abaixo os respectivos significados e a forma com que devem ser empregadas. 

Mau 

A palavra mau é um adjetivo utilizado para acompanhar um substantivo. Opõe-se a bom e pode ser utilizada no plural e no feminino, segundo a necessidade. 

Exemplos:

-Você é um mau aluno.

-Vocês são muito más.

-Aqueles garotos são maus.

Mal

A palavra mal pode ser um advérbio de modo, uma conjunção ou substantivo. Opõe-se a bem, porém quando é empregado como conjunção emprega-se como sinônimo de apenas. 

Exemplos:

-Mal saiu de férias, já deve voltar para a escola. (conjunção)-

Aquele garoto saiu mal  na prova de ontem. (advérbio de modo)

-Você não sabe o mal que me fez. (substantivo) 


Nenhum comentário:

Postar um comentário